R$42,00

9x de R$5,37 5% de desconto pagando com Deposito Itaú Ver mais detalhes

Nascido Domingos Alexandre. na cidade de Santos. e morto em São Paulo em 1929. o autor deste livro que inaugura a série Letras da Coleção Pauliceia adotou posteriormente o nome de Sylvio Floreal. com o qual publicou Atitudes (1922). Ronda da meianoite (1925). Coragem de amar (1925 ) e O rei dos caçadotes (s.d.). Atualmente. como muitos de seus contemporâneos. estava completamente esquecido. situação que começa a mudar com o resgate deste conjunto de crônicas sobre a São Paulo dos primeiros anos do século XX.Nas páginas de Ronda da meianoite. Floreal retrata a inquietude da vida noturna na São Paulo dos anos 1910 a 1920. Observador espirituoso e irônico. explora o imaginário da metrópole efervescente com o olhar posto nos 'vícios. misérias e esplendores' de prostitutas. loucos. ingênuos e boêmios. De suas crônicas emerge uma cidade veloz e voraz que 'devora a inércia e afugenta a rotina... desespero ditoso das improvisações!'.Ronda da meianoite está organizado na forma de narrativas agrupadas três a três. que Floreal chamou de trípticos: de vícios. da miséria. das amarguras. dos esplendores. dos costumes pinturescos. dos pecados e. finalmente. do tragicômico