R$45,00

12x de R$4,49 5% de desconto pagando com Pix ou Depósito Ver mais detalhes
Entregas para o CEP: Alterar CEP
Nossa loja
  • Livraria Simples - Rua Rocha, 259 - Casinha Azul Bela Vista São Paulo/SP CEP 01330-000 Metrô mais próximo Trianon-Masp
    Grátis


Numa vila em Jericoacoara, uma mulher começa a viver um romance, ao mesmo tempo em que enfrenta uma doença. Nesse lugar, também conhece a vida de seis mulheres de gerações e classes sociais distintas. Esse é o enredo de Primeiro eu tive que morrer, estreia em livro da jornalista cearense radicada em Londres Lorena Portela. A autora ainda realizou uma obra que envolve o trabalho de outras mulheres: Raquel Lima (edição e revisão), Camilla Leite (diagramação), Juliana Espanhol (revisão técnica) e Cris Lisbôa (prefácio). A capa é assinada pela artista visual Carolina Burgo, e as demais ilustrações, por 10 artistas, dentre elas Karina Buhr, Dani Acioli, Azuhli e Jaqueline Arashida.

Uma jovem publicitária é pressionada a uma pausa e se refugia na vila paradisíaca de Jericoacoara, no Ceará, Nordeste do Brasil. Sob o Sol, entre mergulhos no mar e os temperos daquela terra, sob a lua, entre gozo e sombra, reconecta-se com outras mulheres, apaixona-se e vive um comovente e misterioso renascimento.

Um poderoso romance de estreia que, ao revelar a dolorosa mirada desta jovem mulher no espelho, coloca a todos no reflexo e contesta um mundo no qual o mecanismo de relações abusivas, excesso de trabalho, assédio e desamor é sinônimo de força. Ou sucesso.

Um drama de costumes para enxergar a vida no feminino. Uma leitura indispensável.

Sobre a autora: Lorena Portela é uma jornalista nascida no Ceará e com sede no mundo. Deixou Fortaleza em 2015 e, após um longo período em Lisboa, vive hoje em Londres.