R$49,00

11x de R$5,26 5% de desconto pagando com Deposito Itaú Ver mais detalhes

A New Left Review é a revista teórica de esquerda mais importante do mundo. Fundada em 1960, teve entre seus principais editores nomes como os de Edward Thompson, Perry Anderson e Robin Blackburn. A intenção da revista, plenamente realizada, foi criar um espaço para o que se convencionou chamar, naquele momento, de 'nova esquerda', para diferenciar-se tanto dos partidos comunistas quanto dos socialdemocratas. Em 2000, depois de quase vinte anos com Robin Blackburn como editor da revista, Perry Anderson, o mais importante dirigente intelectual da publicação, reassumiu, mudou sua tradicional capa e imprimiu-lhe um novo impulso teórico e político, com uma nova numeração. Nenhuma outra revista de esquerda publicou matérias cobrindo uma extensão tão grande de assuntos - principalmente política, economia, estética, filosofia e sociologia. Na definição de Anderson, a NLR é: 'uma publicação política, sediada em Londres, que intentou lidar com ciências sociais e morais - teoria, se você preferir - além de artes e de outros assuntos - cultura, para resumir - com o mesmo espírito de historicidade com que trata a política'. Contragolpes traz para o público brasileiro onze artigos essenciais, extraídos de números da revista publicados entre 2002 e 2004, os quais abarcam uma gama diversa de temas e autores. Entre os autores figuram, além do próprio Perry Anderson, Tariq Ali, Susan Watkins - atualmente editora da NLR -, Mike Davis e Robert Brenner - todos membros do comitê editorial da revista. A estes acrescentam-se Fredric Jameson, Slavoj Zizek e Giovanni Arrighi - colaboradores regulares da NLR - e um entrevistado da China - Qin Hui -, Loïc Wacquant - colaborador estreito de Pierre Bourdieu - e Peter Hallward. Iraque, China, crescimento das favelas, papel do intelectual político por meio da vida de Edward Said e da questão palestina, a crise africana e o poder do Estados Unidos são alguns dos temas urgentes e atuais tratados no livro (ver lista de artigos abaixo). Com diferentes enfoques e temas, os textos de Contragolpes permitem reforçar a capacidade analítica do marxismo para captar os novos fenômenos do mundo no século XXI, mostrando como a New Left Review continua a ser uma fonte permanente de renovação do pensamento crítico e transformador.